Sana Arte

Telefone

51 3028-7667

E-mail

sanaarte@sanaarte.com.br

WhatsApp

51 99654-2097

Agenda

Mandala poética: registro sensível grupal - Oficina Feira do Livro 2008

Postada em: 11/11/2008
Arquivos - Sana Arte

 

A mandala é um símbolo pessoal que revela quem so­mos num determinado momento de nossas vidas; pode revelar conflitos e servir como um espaço para a descarga de tensões à medida que projetamos esses conflitos para fora de nós mes­mos. Acredita-se que as mandalas tenham, portanto, efeitos terapêuticos, de cura, autodescoberta e evolução pessoal, pois representam, segundo Jung, citado por Fincher, "[.,.] tentati­vas muito audaciosas de ver e juntar opostos aparentemente irreconciliáveis e de superai' rupturas aparentemente irremediáveis. Mesmo uma tentativa nesse sentido costuma produzir efeito benéfico.” (O autoconhecimento atraves das mandalas, São Paulo: Pensamento, 1991, p.39)

 

A poesia‘’é uma alma inaugurando uma forma”[1]

 

 

A mandala é fonte de equilíbrio interior. A poesia é síntese da alma.

 

Baseando-se nesses dois elementos, a oficina foi desenvolvida para estimular a produção poética através da produção de uma mandala individual e depois coletiva. A escrita poética resultou desses dois momentos criativos e libertadores.

[1] JOUVE,Pierre-Jean. Em miroir, ed. Mercure de France, p.11 apud BACHELARD, Gaston. A poética do espaço. São Paulo: Fontes, p.6.

 

Comentários

Newslleter

Cadastre-se e fique por dentro das novidades.

O que procura?

Digite no campo abaixo algum termo para iniciar a pesquisa.